EUA rastrearam Tareq Aziz por satélite

Os bombardeios americanos sobre Bagdá foram dirigidos contra o comando das forças armadas iraquianas, disseram à Ansa fontes da base militar americana de Al Udeid, no Catar, que pediram anonimato. As fontes acrescentaram que a notícia de ontem, sobre a deserção do vice-primeiro-ministro iraquiano, Tareq Aziz, foi intencionalmente veiculada pelos serviços secretos americanos para obrigar o funcionário a aparecer para desmenti-la.Aziz foi seguido via satélite do lugar onde concedeu entrevista coletiva, convocada para negar sua fuga, até o centro do comando das forças armadas iraquianas, o mesmo que, segundo as fontes, foi alvo do ataque nesta manhã. Até agora não se confirmou se Aziz e outros oficiais estavam no local bombardeado, nem se algum deles ficou ferido.Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.