EUA reafirmam que Irã é o maior patrocinador do terrorismo

O governo do Irã continua a ser o maior patrocinador mundial do terrorismo, com representantes dando apoio a grupos extremistas no Oriente Médio, particularmente no Iraque, acusa do Departamento de Estado dos EUA.Em seu relatório anual sobre o terrorismo no mundo, a ser divulgado nesta segunda-feira, 30, o departamento volta a afirmar que "o Estado mais ativo no patrocínio" do terrorismo é o Irã. Entre as acusações, há a de ajudar a planejar e fomentar atentados para desestabilizar o Iraque e as negociações de paz entre israelenses e palestinos.A designação, que consta da edição de 2006 do Country Reports on Terrorism (Relatórios do País sobre Terrorismo), não é nova, uma vez que o Departamento de Estado regularmente se refere ao Irã como o principal patrocinador do terrorismo mundial.Mas o relatório atual é lançado no momento em que a secretária de estado, Condoleezza Rice, prepara-se para participar de uma conferência de vizinhos do Iraque, na qual não está descartada uma reunião com o chanceler iraniano, no que poderia ser o primeiro contato em nível ministerial entre EUA e Irã desde 2004.O texto afirma que a Guarda Revolucionária do Irã e o serviço de inteligência do país "envolveram-se diretamente no planejamento e no apoio de atos terroristas e continuam a exortar uma variedade de grupos, especialmente grupos palestinos com centros de liderança na Síria e o Hezbollah libanês, a usar o terrorismo na busca por seus objetivos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.