EUA realizam primeiro ataque com drone na Líbia

Um avião modelo não tripulado Predator dos EUA lançou ontem o primeiro ataque na Líbia. O Pentágono confirmou a informação um dia depois que a Casa Branca autorizou o uso de drones para ajudar os rebeldes que lutam contra as forças do ditador Muamar Kadafi. "O primeiro ataque de um Predator foi realizado à tarde na Líbia", disse um porta-voz de imprensa do Pentágono em um e-mail enviado à agência "France Presse". O porta-voz, porém, disse que não revelaria o alvo ou a hora precisa do ataque. "Como é prática, não daremos detalhes." O comando da Otan já disse que o uso de aviões não tripulados dá a coalizão maior precisão nos ataques aéreos, especialmente em áreas urbanas. "O Predator é capaz de voar mais baixo e identificar melhor os alvos", afirmou um funcionário da Otan. / AFP

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.