Ahmad Masood/Reuters
Ahmad Masood/Reuters

EUA recuperam corpos de 10 marinheiros mortos após colisão entre destróier e petroleiro em Cingapura

Em comunicado, a Sétima Frota da Marinha americana informou o nome, idade e posto das vítimas, que haviam sido dadas previamente como desaparecidas

O Estado de S.Paulo

28 Agosto 2017 | 07h49

BANGCOC - A Marinha dos EUA confirmou nesta segunda-feira, 28, que recuperou os corpos de 10 marinheiros mortos após a colisão do destróier USS John S. McCain com um cargueiro em águas próximas a Cingapura

Em comunicado, a Sétima Frota da Marinha dos EUA informou que as equipes de mergulhadores encontraram os corpos dos 10 homens dados previamente como desaparecidos.

As autoridades, no entanto, não detalharam o local onde foram achados, ainda que se acredite que tenha sido nas áreas inundadas do interior do navio, que está atracado na base naval de Changi, em Cingapura.

O comunicado dá o nome, idade e posto das vítimas e indica que o incidente está sob investigação.

O choque entre o destróier de mísseis teleguiados e o Alnic MC, um petroleiro de mais de 30 mil toneladas que navega com bandeira da Libéria, também deixou cinco feridos, todos eles do USS McCain.

EUA e Cingapura ainda não explicaram a causa do acidente. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.