EUA reduzem participação em missões de paz da ONU

Os militares americanos removerão pequenos contingentes de duas missões de paz das Nações unidas, porque seus soldados não são mais imunes de processo no Tribunal Penal Internacional (TPI). Uma equipe de sete pessoas deixará a missão de paz na fronteira entre Etiópia e Eritréia, e dois oficiais abandonarão o contingente da ONU em Kosovo, segundo o porta-voz Larry Di Rita. ?Determinou-se... que o risco não é adequado para nossas forças, portanto elas foram retiradas?, disse ele. A remoção se segue à derrota do governo Bush na ONU, que semana passada se viu compelido a abrir mão de buscar mais um ano de imunidade para as tropas. Pelo acordo de imunidade que deixou de vigorar, soldados americanos não poderiam ser processados pelo TPI. O governo dos EUA teme que a corte internacional seja usada para mover causas políticas contra americanos.

Agencia Estado,

01 de julho de 2004 | 19h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.