Justin Lane/ EFE
Justin Lane/ EFE

EUA registram recorde de 100 mil novos casos diários de covid-19

A marca foi registrada um dia depois das eleições presidenciais no país

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de novembro de 2020 | 23h23

WASHINGTON - Os Estados Unidos registraram nesta quarta-feira, 4, seu recorde de novos casos de covid-19 em 24 horas com 100 mil infecções, segundo contagem da Universidade Johns Hopkins. A marca foi passada um dia depois das eleições presidenciais no país.

Os EUA são, de longe, o mais afetado pela pandemia no mundo, um dos fatores que marcaram a disputa eleitoral entre o democrata Joe Biden e o atual presidente, Donald Trump. O país também ultrapassou a marca de 9,4 milhões de casos e pelo menos 233 mil pessoas já morreram por conta da covid-19 desde o início da pandemia. 

Os casos de coronavírus aumentaram em todos os Estados onde a disputa eleitoral foi acirrada nos últimos dias, oferecendo evidências contra o argumento do presidente Donald Trump de que a pandemia está quase acabando e as restrições não são mais necessárias. 

Após minimizar os riscos da doença, Trump chegou a equiparar a batalha contra o coronavírus à de um “presidente em tempo de guerra”. O canditado cumpriu um calendário agressivo de comícios eleitorais lotados por milhares de apoiadores, enquanto o seu atual concorrente à Casa Branca, Joe Biden, realizou encontros com distanciamento social no esquema drive-in, conferências de saúde pública e discursos sobre a unificação do país. /AFP  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.