EUA reiniciam testes para escudo espacial

O Pentágono anunciou, nesta quinta-feira, que retomará, a partir de sábado, as provas para a construção do escudo espacial antimíssil.Victoria Clarke, porta-voz do Departamento de Defesa, colocou o experimento no contexto "de um robusto programa de teste em curso".O teste de sábado foi estudado para permanecer dentro dos limites do Tratado ABM, de 1972, sobre a não-proliferação nuclear. O mesmo consiste em que um foguete interceptor, lançado de um ponto do Pacífico central, deve alcançar e destruir um míssil em pleno vôo.A prova, inicialmente fixada para ocorrer em 24 de outubro, foi postergada por motivos técnicos e para não comprometer o clima da cúpula entre Estados Unidos e Rússia, ocorrida em meados de novembro.Até o momento, a Rússia se nega a modificar o Tratado ABM e a aceitar a implementação do escudo espacial americano.A prova de sábado será a primeira a realizar-se desde julho passado e custará em torno de US$ 100 milhões.Um míssil interceptor será lançado das Ilhas Marshall e sua missão será tentar destruir um foguete intercontinental, que fingirá transportar uma ogiva nuclear. O foguete será lançado 20 minutos antes, da base de Vandenbergh, na Califórnia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.