EUA rejeitam alerta de chefe da CIA

O subsecretário para Assuntos Hemisféricos dos EUA, Tom Shannon, disse ontem que as declarações negativas feitas pelo diretor da CIA, Leon Panetta, sobre a economia argentina não refletem a opinião de Washington sobre o país latino-americano. Na quarta-feira, Panetta advertiu que a crise econômica mundial poderia causar desestabilização e insegurança em países como Argentina, Equador e Venezuela. O governo argentino qualificou a declaração de inaceitável e pediu explicações do embaixador dos EUA em Buenos Aires, Anthony Wayne.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.