EUA resgatam barco iraniano sequestrado por piratas

A Força Naval dos Estados Unidos informou hoje que um de seus navios resgatou 13 marinheiros num barco iraniano. Os tripulantes haviam sido deixados ao relento após um ataque pirata. A força naval enviou um helicóptero para localizar a embarcação no sábado, após ouvir um pedido de socorro. O equipamento de rádio do barco de pesca estava quebrado e os tripulantes não tinham comida e estavam bebendo água do mar.

AE-AP, Agencia Estado

22 de março de 2010 | 15h52

De acordo com a Força Naval, os tripulantes disseram que os piratas os amarraram por dois dias depois do ataque da semana passada. Os marinheiros receberam comida e água e combustível para chegarem à costa.

A Força Naval tem aumentado seus efetivos nas águas da costa da África com o objetivo de combater o crescente comércio pirata. A pirataria aumentou muito na costa da Somália, país que não tem um governo funcional há 19 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
piratasSomáliaEUAiranianosresgate

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.