EUA retiram benefício tributário a exportações russas

Os Estados Unidos estão retirando benefícios comerciais especiais para a Rússia, em meio a críticas pelo envolvimento de Moscou na crise ucraniana. O presidente dos EUA, Barack Obama, notificou o Congresso norte-americano hoje que irá remover a Rússia do Sistema Geral de Preferências (SGP) dos EUA, porque o país é agora muito desenvolvido economicamente para precisar desses benefícios.

AE, Agência Estado

07 Maio 2014 | 18h12

A Casa Branca também informou que o envolvimento da Rússia na Ucrânia tornou "particularmente apropriado tomar esse passo agora". O SGP foi idealizado para que mercadorias de países em desenvolvimento possam ter acesso privilegiado aos mercados dos países desenvolvidos, facilitando o avanço das nações beneficiadas nas etapas no processo de desenvolvimento.

Segundo a Casa Branca, a medida fará com que mercadorias importadas da Rússia fiquem sujeitas a alíquotas de tributação normais.

O anúncio ocorre no mesmo dia em que o presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou que seu país retirou tropas da fronteira com a Ucrânia. A Casa Branca afirma que não há até o momento nenhuma evidência de que a Rússia tem feito isso. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Eua comércio exterior rússia tributo sgp

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.