EUA retoma emissão de vistos na Venezuela

A embaixada dos Estados Unidos em Caracas informou nesta terça-feira que retomou a emissão de vistos para venezuelanos que o solicitam pela primeira vez. O processo estava suspenso por causa da expulsão de vários funcionários consulares e da demora do governo da Venezuela para expedir a documentação necessária para os novos empregados.

AE, Agência Estado

29 de abril de 2014 | 18h17

"Um grupo de funcionários do cônsul chegou recentemente à embaixada dos Estados Unidos na Venezuela depois de terem recebido seus respectivos vistos. Ainda que não esteja com a equipe completa, a embaixada já pode agendar um número limitado de novas reuniões para que sejam feitas as solicitações de vistos de turismo", informou a Unidade de Vistos para Não Imigrantes da embaixada em um comunicado.

Os vistos para visitantes dão o direito às pessoas entrarem nos Estados Unidos para fazerem negócios, passeios ou tratamentos médicos.

"À medida que novos oficiais norte-americanos recebam o visto apropriado para viajar à Venezuela, a embaixada espera poder oferecer quotas adicionais para reuniões que possibilitem a solicitação do visto", indicou a publicação divulgada na página da embaixada na internet.

O anúncio foi feito cinco semanas depois que a embaixada informou que não aceitaria pedidos de venezuelanos que solicitassem o visto pela primeira vez. A expulsão de três funcionários pelo presidente Nicolás Maduro em fevereiro e a demora do governo venezuelano para emitir o visto dos novos consulares seriam as causas da suspensão.

Nas últimas semanas, a embaixada só atendeu solicitações de visto de venezuelanos que faziam a tramitação pela primeira vez em casos de emergência ou quando a reunião havia sido marcada antes da suspensão. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelaEUAvistos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.