EUA retomam bombardeio de Faluja

Aviões e helicópteros americanos voltaram a disparar tiros, foguetes e obuses contra rebeldes na cidade sitiada de Faluja. Segundo o comandante local dos fuzileiros navais dos EUA, a trégua na cidade está prestes de desmoronar. A despeito disso, os fuzileiros afirmam que o avanço sobre a cidade continua suspenso.Enquanto isso, 2.500 soldados entrincheiram-se nos arredores da cidade sagrada de Najaf, preparando um possível ataque contra as forças do líder xiita Muqtada al-Sadr. O avanço contra Najaf poderá revoltar a maioria xiita da população iraquiana.O jornalista francês que havia sido capturado por rebeldes iraquianos foi libertado, disse a empresa para qual trabalha, a Capa Television. Alexandre Jordanov havia sido seqüestrado no domingo, em meio a uma onda de tomada de reféns estrangeiros pelos rebeldes, que mantêm ainda pelo menos 21 pessoas cativas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.