EUA se irritam com assentamentos israelenses

A Casa Branca criticou hoje a decisão de Israel de acelerar a construção de assentamentos no leste de Jerusalém e na Cisjordânia em retaliação pelo fato de a Palestina ter se tornado membro da organização cultural das Nações Unidas.

AE, Agência Estado

02 de novembro de 2011 | 17h11

O porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, afirmou que a administração Obama ficou "profundamente decepcionada" com a decisão sobre os assentamentos. "Ações unilaterais trabalham contra os esforços de retomar as negociações diretas, e elas não avançam com o objetivo de um acordo razoável e necessário entre os dois lados", disse Carney. "E essa é a única maneira de alcançar a solução que os dois lados têm como objetivo."

Israel está acelerando a construção de casas tanto no leste de Jerusalém, que os palestinos querem como sua capital, quanto na Cisjordânia. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAIsraelassentamentos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.