EUA se preparam para retirar norte-americanos do Líbano

Os parentes dos funcionários da embaixada dos Estados Unidos em Beirute receberam autorização para sair do Líbano devido ao agravamento da situação, segundo o Departamento de Estado.O órgão recomendou aos americanos que evitem ir ao país enquanto continuarem os confrontos entre forças israelenses e o grupo guerrilheiro pró-iraniano Hisbolá."Os cidadãos americanos devem avaliar sua própria segurança e considerar a situação atual no Líbano", alertou o Departamento de Estado.O alerta foi divulgado em Washington enquanto a aviaçãoisraelense bombardeava um bairro no sul de Beirute, onde fica a sede do Hisbolá, e uma central elétrica libanesa.De acordo com a rede de televisão CNN, os EUA estão preparando um plano de contingência para retirar os 25 mil cidadãos norte-americanos residentes no Líbano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.