EUA seguirão com plano de escudo antimíssil na Europa

O presidente norte-americano, Barack Obama, afirmou neste domingo que os Estados Unidos irão adiante no controverso plano para instalar um escudo antimíssil na Europa Central, e que o Irã representa uma ameaça real.

AE, Agencia Estado

05 de abril de 2009 | 11h28

"Deixe-me ser claro: a atividade nuclear do Irã representa uma ameaça real, não apenas para os Estados Unidos, mas também para os países vizinhos do Irã e nossos aliados", disse Obama em discurso em Praga.

"A República Tcheca e a Polônia têm sido corajosas em concordar em abrigar instalações de defesa contra mísseis. Enquanto a ameaça do Irã persistir, pretendemos seguir adiante com um sistema antimíssil", acrescentou. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Obamaescudo antimíssilEuropa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.