EUA: Senado aprova lei que nega visto para terroristas

O Senado dos Estados Unidos aprovou um projeto de lei nesta segunda-feira para impedir que um ex-sequestrador iraniano, escolhido para ser o embaixador do Irã nas Nações Unidas, entre nos Estados Unidos. A lei aprovada nega a entrada nos Estados Unidos de indivíduos envolvidos em espionagem, terrorismo ou atividades que ameaçam a segurança nacional.

AE, Agência Estado

08 de abril de 2014 | 13h37

Republicanos e democratas se uniram em torno da legislação patrocinada pelo senador republicano Ted Cruz e refletiu a animosidade dos congressistas em torno da escolha de Hamid Aboutalebi para representar o Irã nas Nações Unidas. Ele era membro de um grupo estudantil muçulmano que manteve refém 52 pessoas por 444 dias em 1979 na embaixada norte-americana em Teerã.

As perspectivas de apoio ao projeto de lei na Câmara dos EUA ainda não eram claras, embora seja provável que a medida angarie apoio dos parlamentares. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAvistos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.