EUA: Senado aprova punição a banco relacionado com Irã

Por unanimidade, o Senado dos EUA aprovou uma medida que impõe punições a qualquer instituição financeira, nacional ou estrangeira, que tenha relações com o Banco Central do Irã.

RENATO MARTINS, Agência Estado

02 de dezembro de 2011 | 00h06

A resolução, adotada como emenda a uma lei de financiamento ao setor militar, ainda depende de aprovação pela Câmara e de assinatura pelo presidente Barack Obama.

A medida é semelhante à decisão adotada há poucos dias pelo governo do Reino Unido - e que provocou a ocupação da embaixada britânica em Teerã por estudantes iranianos. Ela determina que instituições financeiras estrangeiras, inclusive bancos centrais, sejam banidos de ter relações com o sistema financeiro norte-americano.

Teoricamente, isso poderá afetar a China, maior compradora de petróleo iraniano. Mas a emenda contém um parágrafo que permite ao presidente dos EUA deixar a impor sanções em casos de "segurança nacional". As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUASenadopuniçãobancos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.