EUA: Senado pode aprovar lei sobre salário do Exército

O Senado dos EUA deverá aprovar a legislação para manter o pagamento dos salários dos militares mesmo se os parlamentares americanos não conseguirem evitar a primeira paralisação do governo desde 1996, afirmou o senador democrata Tim Kaine, segundo reportagem publicada no blog do The Wall Street Journal.

Agência Estado

29 de setembro de 2013 | 12h17

Kaine afirmou ao canal de TV Fox News, neste domingo, que o Senado aprovará muito provavelmente uma lei para financiar salários dos militares no caso de uma paralisação. A Câmara dos Representantes aprovou essa legislação na manhã de hoje.

Um consultor para o líder da maioria do Senado, Harry Reid, confirmou neste domingo que ele pretende tentar aprovar a proposta da Câmara sobre os salários dos militares na segunda-feira.

A Câmara dos Representantes e o Senado estão em desacordo sobre como financiar o governo no próximo ano fiscal antes do prazo final que expira à meia-noite da segunda-feira. Os republicanos estão buscando um adiamento de um ano para a lei da reforma do sistema de saúde, conhecida como Obamacare, e a revogação de um imposto sobre dispositivos médicos. Os democratas do Senado disseram que vão rejeitar as alterações na lei da saúde, e que o presidente Barack Obama vetará uma legislação como essa. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
EUALeiSalárioExército

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.