EUA: Senadores ameaçam cortar ajuda à Palestina

Um grupo de senadores democratas e republicanos advertiu nesta quinta-feira aos palestinos que eles perderão ajuda financeira dos Estados Unidos e poderão ver sua representação em Washington fechada se de alguma forma usarem o novo status que buscam na Organização das Nações Unidas (ONU) contra Israel.

AE, Agência Estado

29 de novembro de 2012 | 16h38

Os senadores republicanos John Barrasso e Lindsey Graham e os democratas Chuck Schumer e Bob Menendez disseram hoje que promoverão uma emenda à lei de defesa norte-americana especificando a situação dos palestinos.

Se a emenda passar, a ajuda financeira poderá ser cortada se os palestinos eventualmente usarem o novo status que buscam na ONU para acusar Israel de crimes de guerra perante o Tribunal Penal Internacional (TPI).

Ao mesmo tempo, os EUA também poderão fechar o escritório da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) em Washington caso os palestinos mostrem "falta de disposição" para se engajarem em negociações com Israel.

A partir das 18h de hoje, a Assembleia-Geral da ONU votará uma proposta de resolução que, se aprovada, promoverá a OLP de "entidade observadora" a "Estado observador". As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ONUPALESTINAEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.