EUA só atacarão outros países com "provas sólidas"

Os EUA não tomarão iniciativas militares em relação a outros países suspeitos de apoiarem o terrorismo após a campanha no Afeganistão, a não ser com base em "provas sólidas", afirmou hoje em Bruxelas o secretário de Estado americano, Colin Powell. Falando à imprensa na sede da Otan, Powell disse que "lançar uma ação militar é uma questão grave", que requer que se possua "provas sólidas". "Não atuaremos contra outro país ou contra outra organização sem ter uma base para fazê-lo", destacou o chefe da diplomacia de Washington. A propósito da anunciada rendição em Kandahar, Powell disse que "se se confirmar, será um fato muito positivo".Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.