EUA: soldado acusado de matar civis se declara culpado

O soldado norte-americano acusado de matar 16 civis afegãos vai se declarar culpado para evitar a pena de morte, informou o seu advogado em entrevista nessa quarta-feira, 29, ao jornal The New York Time.

AE-DJ, Agência Estado

30 Maio 2013 | 12h21

John Henry Browne, advogado do sargento Robert Bales, disse que os promotores militares da Base Conjunta Lewis-McChord, próxima da cidade de Tacoma, em Washington, concordaram com a confissão.

Segundo a matéria do jornal, um porta-voz da base disse que não poderia confirmar se houve um acordo com o oficial. Ele informou apenas que uma audiência de apelo foi agendada para a próxima quarta-feira, 05. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
EUAAfeganistãosoldado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.