Stephanie Keith/Getty Images/AFP
Stephanie Keith/Getty Images/AFP

EUA superam a marca dos 15 mil mortos pelo coronavírus 

Epidemia já deixou até hoje no país 15.774 mortos e 363.851 infectados pelos coronavírus, segundo a Universidade Johns Hopkins

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de abril de 2020 | 15h36
Atualizado 09 de abril de 2020 | 17h48

WASHINGTON - Os Estados Unidos superaram nesta quinta-feira, 9, a marca de 15 mil mortos pela pandemia de coronavírus, segundo a contagem da Universidade Johns Hopkins. 

A epidemia já deixou até hoje no país 15.774 mortos e 363.851 infectados pelos coronavírus, segundo dados atualizados da universidade, que são usados como referência nacional.

Segundo a mesma fonte, o país tem mais de 450 mil casos de covid-19 registrados, uma cifra muito inferior ao verdadeiro número de infectados, devido à escassez de testes de detecção disponíveis.

Os Estados Unidos são o segundo país com maior número de mortos no mundo, à frente da Espanha (15.238 mortos) e atrás da Itália (18.279).

Para Entender

Coronavírus: veja o que já se sabe sobre a doença

Doença está deixando vítimas na Ásia e já foi diagnosticada em outros continentes; Organização Mundial da Saúde está em alerta para evitar epidemia

As duas últimas evoluções calculadas em 24 horas, terça e quarta à noite, mostraram cada vez um aumento de quase 2 mil mortos. O Estado de Nova York, epicentro da pandemia no país, registra o maior número de mortos por coronavírus no país: mais de de 7 mil./AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.