CJ Gunther/EFE
CJ Gunther/EFE

EUA superam os 3 milhões de casos de covid-19, diz a OMS; no mundo são 12,3 milhões

País já responde por quase um quarto dos casos de todo o planeta; 279 mil americanos morreram em decorrência da doença

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de julho de 2020 | 13h31

GENEBRA - Os casos do novo coronavírus atingiram a marca de 12,3 milhões em todo mundo, dos quais quase um quarto está concentrado nos Estados Unidos, que superou os 3 milhões de infecções, segundo dados divulgados neste sábado, 11, pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

O número de mortes por covid-19 totalizam 556.335 em todo o planeta, sendo o continente americano com mais vítimas (279 mil), seguido pela Europa com mais de 201 mil óbitos.

A taxa de novas infecções continuam a aumentar no continente americano, sul e sudeste da Ásia e África, enquanto já por várias semanas se estabilizam na Europa, Oriente Médio e no leste da Ásia-Pacífico.

Quatro dos dez países do mundo com o maior número de casos (Peru, Chile, México e Brasil) são latino-americanos, enquanto a Espanha caiu para o nono lugar. A OMS ainda alertou para um forte aumento na África do Sul, que ocupa a 11.ª posição com mais de 250 mil infecções.

O número de pacientes recuperados, segundo dados das redes nacionais de saúde compiladas pela OMS, somam 7,4 milhões, mais de 60% dos casos registrados.

Já as pessoas que seguem internadas em estado grave estabilizou em 58 mil em todo o mundo por semanas, embora sua porcentagem do total de casos ativos tenha caído nas últimas semanas de 2% para 1%. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.