EUA: surto de meningite mata 8 e deixa cem doentes

Funcionários da Saúde dos Estados Unidos disseram que o número de pessoas atingidas por um surto mortífero de meningite fúngica chegou agora a 105 casos. O número de mortes subiu de uma para oito, com mais um óbito no Estado do Tennessee. O Centro de Prevenção e Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês) atualizou o número de casos nesta segunda-feira. Foram reportados casos de meningite no Tennessee, Michigan, Virginia, Indiana, Flórida, Maryland, Minnesota, Carolina do Norte e Ohio.

AE, Agência Estado

08 de outubro de 2012 | 15h40

Apenas no Estado do Tennessee quatro pessoas morreram de meningite fúngica.

A saúde dos EUA desconfia que o surto de meningite está ligado a injeções de esteroide usadas aliviar dores nas costas. O esteroide foi desenvolvido por um laboratório especializado em Massachusetts, o New England Compounding Center.

O laboratório está retirando de circulação o esteroide, que foi vendido a clínicas em 23 Estados norte-americanos. Na semana passada, o governo americano fez um apelo aos médicos que não usem nenhum produto da empresa.

As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.