EUA suspeitam que Saddam tem US$ 3 bi em bancos sírios

Os EUA suspeitam que o ex-presidente iraquiano Saddam Hussein tenha depositado cerca de 3 bilhões de dólares em bancos sírios sob controle governamental, revela um artigo publicado na edição desta segunda-feira da revista Time.A revista semanal cita um integrante da administração George W. Bush, que pediu anonimato. A fonte diz que os EUA pediram aos dirigentes sírios que este dinheiro fosse entregue ao Iraque, mas não estariam satisfeitos com a falta de cooperação das autoridades de Damasco. O pedido, adianta a revista, foi feito pelo secretário de Estado norte-americano, Colin Powell, durante um encontro em maio com o presidente sírio, Bachar al Assad.As relações entre a Síria e os EUA atingiram o seu pior nível desde a última década. Há alguns dias, uma comissão parlamentar norte-americana pediu a aplicação de sanções contra a Síria, acusando-a de "apoiar o terrorismo". A Casa Branca, que multiplica as pressões sobre os dirigentes sírios, acusando-os de permitirem infiltrações de elementos terroristas no Iraque, mostrou-se favorável a resolução parlamentar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.