EUA têm nova acusação contra homem do sapato-bomba

O governo americano apresentará outra acusação formal contra Richard Reid, o homem acusado de tentar explodir uma bomba que estava em seu sapato durante um vôo, disseram nesta quarta-feira fontes de Washington. Reid, nascido em Londres, está sendo acusado de tentar fazer explodir a bomba durante um vôo Paris-Miami, em dezembro. Ele está detido em Boston pela acusação de interferir no trabalho da equipe de assistência de vôo. Uma fonte que pediu para não ser identificada disse que a nova acusação vai especificar que Reid tentou fazer explodir o avião da American Airlines. Fontes oficiais que também falaram sob a condição de anonimato disseram que as acusações seriam apresentadas nesta quarta em um tribunal de Boston. Nesta terça, os EUA apresentaram uma denúncia contra o taleban americano John Walker Lindh - que, segundo a Justiça de seu país - incorreu em conspiração para matar conterrâneos. Lindh lutou ao lado do Taleban e admitiu em interrogatórios que conheceu Osama bin Laden e recebeu treinamento em acampamentos terroristas no Afeganistão.

Agencia Estado,

16 Janeiro 2002 | 16h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.