Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

EUA têm seis meses para vencer no Iraque, dizem veteranos

Uma equipe de conselheiros do comandante da Força Multinacional no Iraque, general David Petraeus, concluiu que os EUA têm seis meses para vencer a guerra no país. Caso contrário, de acordo com o grupo, os americanos enfrentarão resistências políticas e populares, a exemplo do que aconteceu no Vietnã.Segundo uma reportagem do jornal The Guardian, a equipe, formada por combatentes veteranos, alertou Petraeus sobre os riscos de as tropas americanas serem obrigadas a realizar uma retirada às pressas do Iraque.Eles demonstraram preocupação, sobretudo, acerca da estratégia anunciada pelo presidente George W. Bush no dia 10 de janeiro. O novo plano de Bush para o país inclui o polêmico envio de mais 21,5 mil soldados americanos.Os conselheiros de Petraeus, que se escondem na fortificada Zona Verde de Bagdá, têm se esforçado para alertar as autoridades sobre uma série crescente de problemas no Iraque. "Eles sabem que estão correndo contra o tempo", disse uma fonte ao jornal.De acordo com os ex-combatentes, é necessário criar condições para que o governo iraquiano consiga concluir um processo de reconciliação entre xiitas, sunitas e curdos. Para isso, os próximos seis meses serão cruciais, advertem os veteranos.Os principais obstáculos apontados pelo conselho de Petraeus são a falta de soldados em terra, a desintegração da coalizão internacional, a escalada da violência no sul do país após a retirada das tropas britânicas, o aumento do número de baixas e a falta de vontade política de Washington e Bagdá.Este texto foi alterado às 10h03 para acréscimo de informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.