EUA: Tempestade mata 15 e cancela centenas de voos

Subiu de nove para 15 o número de mortes decorrentes de uma forte tempestade de inverno que atingiu parte dos Estados Unidos e avança pelo nordeste do paísm informaram autoridades locais nesta quinta-feira. Mais de 400 de voos foram cancelados e centenas de milhares de pessoas estão sem energia elétrica nos Estados norte-americanos de Arkansas e Maryland.

AE, Agência Estado

27 de dezembro de 2012 | 17h38

David Roth, porta-voz do Serviço Nacional de Meteorologia, disse que a maior parte da neve deveria cair entre hoje e amanhã sobre o norte da Pensilvânia, o interior de Nova York e diversas áreas de Estados da Nova Inglaterra antes de seguir para o Canadá. Em áreas costeiras, a tempestade deve provocar ondas altas e fortes chuvas.

As maiores cidades da Costa Leste do EUA - Nova York, Filadélfia e Boston - enfrentava fortes ventos e chuva nesta quinta-feira. Outras áreas do nordeste norte-americano eram atingidas por uma mistura de chuva e neve ou apenas por chuva, mas o suficiente para retardar as viagens por terra e também por ar.

De acordo com a emissora norte-americana de televisão CNN, mais de 400 voos domésticos e internacionais de e para os EUA foram cancelados por causa da tempestade.

As 15 mortes registradas nos EUA até o momento ocorreram em acidentes nos Estados de Kentucky, Oklahoma, Arkansas, Ohio, Indiana, Pensilvânia e Virgínia.

No Canadá, para onde se dirige a tempestade, pelo menos 170 voos nacionais e internacionais foram cancelados hoje por causa do mau tempo, a maioria em Toronto e Montreal.

Ontem, a tempestade provocou precipitação recorde de neve no Arkansas e alterou os planos de milhares de pessoas para o feriado de Ano Novo em toda a região. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
EUAclimatempestadenevenevasca

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.