EUA testam nova arma, a "Mãe de Todas as Bombas"

Uma nova bomba, de quase 10 toneladas, foi produzida pelas Forças Armadas dos Estados Unidos e pode vir a ser utilizada numa eventual guerra contra o Iraque. A arma, o mais poderoso explosivo não-nuclear do arsenal americano, foi testada hoje na Flórida, informam fontes militares. A explosão da MOAB (Massive Ordnance Air Blast) teria ocorrido por volta das 16 horas (de Brasília), numa vasta área cercada da base militar da Força Aérea de Eglin, em Pensacola.A MOAB supera em quase 3 toneladas a Blu-82 ?Daisy Cutter? (?cortadora de margaridas?), que estreou no Afeganistão em 2001, durante o ataque às montanhas de Tora Bora.A MOAB recebeu um apelido extraoficial, ?Mother of All Bombs?, ou ?Mãe de Todas as Bombas?. O Pentágono espera divulgar imagens de vídeo das explosões com o objetivo, conforme reconheceram funcionários americanos, de intimidar as forças armadas iraquianas.Como a Blu-82, a MOAB contém uma mistura líquida de nitrato de amônia, alumínio, hidrogênio e oxigênio, mas é maior. A nova arma é lançada de aviões-bombardeiros pesados e explode a um metro de altitude, criando uma onda de choque que arrasa tudo num raio de 500 metros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.