EUA transferem poder em parte do Iraque a Polônia e Espanha

O comando das forças americanas no Iraque transferiu o controle da zona centro-sul do país a uma força internacional liderada por Polônia e Espanha. A força é composta por miliatares da República Dominicana, Nicarágua, Honduras e El Salvador. Ao todo, os Estados Unidos deixam de ser a autoridade máxima em cinco províncias. Duas delas - Diwaniya e Najaf - serão controladas pela Espanha e as forças de países latino-americanos. Por enquanto, a transferência de poder é simbólica, já que ainda depende do fornecimento de materiais bélicos pelos EUA através de convênios bilaterais que têm com os países latino-americanos. A cidade de Najaf, onde um atentado matou o líder xiita Mohammed Baqir al-Hakim e cerca de 100 outras pessoas na semana passada, ficou de fora do acordo de transferência de poder. Os marines americanos deverão permanecer na cidade por mais duas semanas, pelo menos.

Agencia Estado,

03 de setembro de 2003 | 13h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.