Brian Snyder/ Reuters
Brian Snyder/ Reuters

Em debate republicano, Trump diz que pode concorrer como independente

Magnata diz que muro na fronteira com México deve ser construído imediatamente

O Estado de S. Paulo

07 de agosto de 2015 | 00h06

CLEVELAND, EUA - Em um tom combativo desde o início, o magnata Donald Trump captou os refletores nesta quinta-feira durante o primeiro debate dos pré-candidatos republicanos à presidência dos Estados Unidos. O empresário declarou que não descarta a possibilidade de disputar a Casa Branca nas eleições de 2016 como candidato independente.

“Se eu for nomeado (no Partido Republicano), não me apresentarei como independente”, afirmou Trump, de forma ambígua, ao responder aos moderadores, que perguntaram aos dez pré-candidatos se pretendiam concorrer como independentes.

Logo no início do debate, questionado sobre seus comentários depreciativos sobre as mulheres, Trump disse que “não tinha tempo para ser politicamente correto”. “Este país tem sérios problemas. Já não ganhamos. Perdemos contra a China, contra o México, contra todo mundo em temas comerciais. Digo o que digo e, se não o agrada, sinto”, declarou Trump. 

Tanto o magnata quanto o candidato Marco Rubio insistiram na necessidade de construir um muro na fronteira com o México. Questionado sobre os polêmicos comentários que fez sobre os imigrantes mexicanos – que qualificou de criminosos e estupradores – Trump disse: “Temos de construir um muro e tem de ser rapidamente”. Rubio concordou com Trump e disse entender a “frustração” de muitos americanos com relação à imigração ilegal.

O tema interessa diretamente ao eleitorado hispânico, o que mais cresce nos EUA. Analistas são unânimes ao afirmar que o Partido Republicano não conseguirá chegar à Casa Branca sem o voto desse grupo de eleitores. 

O estilo direto de Trump é consistente com o enfoque que tem adotado em sua campanha desde que se lançou como pré-candidato. O empresário tem chamado a atenção de eleitores frustrados com políticos de carreira e tem deixado perplexos seus rivais.

Ele chegou a este primeiro debate liderando as pesquisas, à frente de conhecidos senadores e governadores do partido.

A maioria dos candidatos evitou discutir diretamente com Trump nos primeiros minutos do debate. Ainda que 17 republicanos postulem a vaga de candidato, a Fox News somente convidou os 10 mais bem colocados nas pesquisas para o evento, que é realizado na cidade de Cleveland./ Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
EUAeleiçõesdebateDonald Trump

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.