EUA: Tsarnaev será julgado em tribunal federal

O homem suspeito de executar o atentado de uma semana atrás contra a maratona de Boston não será julgado como combatente inimigo na justiça militar dos Estados Unidos, assegurou nesta segunda-feira a Casa Branca. Dzhokhar Tsarnaev, um cidadão russo naturalizado norte-americano, será processado dentro do sistema judiciário federal, afirmou o secretário de Imprensa da Casa Branca, Jay Carney.

AE, Agência Estado

22 de abril de 2013 | 14h46

De acordo com Carney, a lei dos EUA não permite que cidadãos norte-americanos sejam julgados por comissões militares. Tsarnaev, de 19 anos, nasceu no sul da Rússia, mas possui cidadania norte-americana.

Dzhokhar Tsarnaev e seu irmão mais velho, Tamerlan, são suspeitos de executar o atentado da segunda-feira passada contra Boston. Tamerlan morreu quando fugia da polícia. Dzhokhar foi preso na noite de sexta-feira. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUABostonatentadoCasa BrancaTsarnaev

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.