EUA usará aviões não tripulados na fronteira com o México

Objetivo é ampliar a vigilância e coibir o tráfico de drogas na região

AP,

24 de junho de 2010 | 03h35

WASHINGTON - O departamento de Segurança Nacional usará aviões não tripulados de vigilância e outros dispositivos avançados em suas operações para controlar a fronteira do sul dos Estados Unidos. Os anúncios são parte de um discurso da secretaria de Segurança Nacional, Janet Napolitano, em Washington.

O departamento permitiu a Administração Federal de Aviação a operar os aviões na fronteira do Texas e na região costeira do Golfo do México, segundo o anúncio.

As aduanas de vigilância fronteiriça vão instalar uma base para uma de suas aeronaves de vigilância na Estação Aeronaval Corpus Christi, no Texas.

O departamento também disse que está trabalhando em um projeto de reconhecimento de placas de automóveis para poder identificar os traficantes de droga, em conjunto com a Oficina de Política Nacionais do Controle de Drogas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.