EUA vão atacar produção de ópio no Afeganistão

O governo norte-americano vai ampliar a campanha militar no Afeganistão, atacando também a rede de produção e tráfico de ópio, informou hoje o jornal USA Today. Mais de 70% do ópio consumido atualmente no mundo procede do Afeganistão. "A campanha contra os terroristas vai nos dar a oportunidade de combater também os delitos que os sustentam", afirmou John Maisto, especialista em assuntos da América Latina e do Caribe no Conselho de Segurança Nacional dos EUA. O chefe do Departamento de Controle da Droga (DEA), Asa Hutchinson, disse que "não se pode ter êxito no Afeganistão sem a aniquilação total do tráfico de drogas". Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.