Pablo Martinez Monsivais/AP
Pablo Martinez Monsivais/AP

EUA vão divulgar próximo lote de e-mails de Hillary no dia 30 de junho

A candidata democrata à presidência em 2016 foi envolvida em uma tempestade política após as revelações de que durante seus quatro anos à frente do Departamento de Estado jamais usou seu e-mail oficial

O Estado de S.Paulo

27 de maio de 2015 | 15h48

WASHINGTON - O Departamento de Estado planeja publicar dezenas de milhares de e-mails da candidata democrata à Casa Branca Hillary Clinton, do período em que ela dirigiu a diplomacia americana, em lotes, a cada 60 dias, começando no dia 30 de junho.

Em um documento apresentado à Justiça na noite de terça-feira, 26, o Departamento de Estado propôs uma agenda para colocar à disposição 30 mil e-mails enviados e recebidos por Hillary durante seus quatro anos como chefe da diplomacia americana.

Hillary, candidata democrata à presidência em 2016, foi envolvida em uma tempestade política após as revelações de que durante seus quatro anos à frente do Departamento de Estado (2009-2013) jamais usou seu e-mail oficial e preferiu utilizar uma conta de e-mail pessoal, o que pode constituir uma violação das normas vigentes e levanta a questão da segurança das comunicações sensíveis.

O Departamento de Estado divulgou na noite da última sexta-feira um lote de 296 e-mails de Hillary, que dão detalhes sobre um ataque antiamericano em Benghazi, Líbia, em 2012. / AFP 

Tudo o que sabemos sobre:
EUAHillary Clinton

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.