EUA vão entregar militar acusado de estupro

Negociadores japoneses e americanos chegaram a um acordo para entregar às autoridades de Okinawa um sargento da Força Aérea dos Estados Unidos acusado de estuprar uma mulher residente na ilha, informou a rede de TV NHK. Hoje, o sargento Timothy Woodland, de 24 anos, estacionado na Base Aérea de Kadena, foi a uma delegacia da polícia japonesa onde foi interrogado e em seguida liberado.Oficiais japoneses e americanos não confirmaram imediatamente o acordo, mas o Ministério do Exterior japonês disse que um anúncio será feito em breve. O embaixador americano no Japão também afirmou que vai fazer um pronunciamento. Woodland negou as acusações e o governo americano estava se recusando a entregar o sargento à custódia dos japoneses. Os EUA disseram que só entregaria Woodland caso os direitos do sargento fossem protegidos pelas autoridades japonesas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.