EUA vão homenagear 11/9 com dia de trabalho voluntário

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama pede aos norte-americanos que sejam voluntários em 11 de setembro. A ideia é transformar o aniversário dos ataques terroristas no primeiro Dia Nacional de Serviço e Lembrança. "Esperamos reacender o espírito de unidade e compaixão que se seguiu aos ataques terroristas", afirmou David Paine, o presidente do MyGoodDeed, uma das organizações responsáveis pelo evento. A data foi estabelecida por Obama no dia 21 de abril.

AE-AP, Agencia Estado

27 de agosto de 2009 | 19h33

Paine uniu-se a outras entidades para divulgar a campanha nacional. Ele pediu aos voluntários que usem o site lançado hoje www.911dayofservice.org e que divulga projetos de voluntariado em todo o país. Os organizadores dizem esperar que o décimo aniversário dos ataques em 2011 marquem o maior dia de serviço voluntário da história dos EUA.

Os voluntários deste ano incluem importantes músicos que farão um show tributo na data dos ataques. Gavin DeGraw, The Roots e outros se apresentarão no Beacon Theatre, em Manhattan. Ingressos gratuitos serão entregues a parentes das vítimas, funcionários da área de saúde, voluntários e aos que prestaram serviço militar após os ataques. Os demais ingressos serão distribuídos por sorteio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.