EUA ´vão negociar´ com ministros de fora do Hamas

Os Estados Unidos decidiram que vão manter negociações com alguns dos novos ministros do novo gabinete de união nacional palestino, que tomou posse no sábado, 17, segundo um representante do consulado americano em Jerusalém. Mas o diplomata disse à BBC que isso só irá ocorrer se o governo dos Estados Unidos perceber que pode trabalhar junto com os ministros palestinos.As autoridades americanas mantêm que não vão negociar com membros do grupo Hamas. Entretanto, ao dizer que fará contato com certos ministros, o governo americano põe um fim ao isolamento político que ajudou a impor aos palestinos após a vitória do Hamas nas eleições de 2006.IsraelOutros países, principalmente os da Europa, também já deram sinais de que podem tomar uma atitude semelhante. Mas Israel deve se manter distante. Neste domingo, 18, o primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, fez um apelo para que a comunidade internacional ignore o novo governo palestino.Ele disse que o gabinete que tomou posse no sábado limita a capacidade de Israel de negociar com o presidente palestino Mahmoud Abbas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.