AP/Kathy Willens
AP/Kathy Willens

EUA vão oferecer cursos universitários gratuitos online para refugiados

Iniciativa proporcionará acesso a cursos em escolas como a Universidade de Stanford nos EUA e a Universidade de Edinburgo na Escócia

O Estado de S. Paulo

22 Junho 2016 | 05h00

NOVA YORK - Refugiados de todo o mundo terão acesso a mais de mil cursos universitários gratuitos pela Internet graças a um esforço para oferecer educação e treinamento que é parte de um programa sediado nos Estados Unidos e que foi lançado na segunda-feira, o Dia Mundial dos Refugiados.

A iniciativa proporciona acesso a cursos em escolas como a Universidade de Stanford nos EUA e a Universidade de Edinburgo na Escócia em áreas que vão da criação de códigos de computador à neurociência, informou a empresa de cursos online Coursera. Normalmente, as taxas dos cursos vão de US$ 29 a US$ 99, disse a Coursera.

O programa, lançado conjuntamente com o Departamento de Estado dos EUA, permitirá que organizações sem fins lucrativos (ONGs) se inscrevam para receber auxílio financeiro para que os refugiados estudem de graça.

A expectativa é que nos primeiros meses o programa atraia centenas de refugiados, segundo a porta-voz da Coursera, e se espera que essa cifra cresça rapidamente para milhares à medida que outras ONGs se inscreverem, disse ela. Mais informações no site refugees.coursera.org. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.