EUA vão propor na ONU fim das sanções contra o Iraque

O governo dos EUA já tem pronto o rascunho de uma proposta de resolução a ser apresentada ao Conselho de Segurança da ONU para o fim das sanções econômicas impostas ao Iraque depois da invasão do Kuwait pelo regime de Saddam Hussein, em 1990. Segundo a jornalista Raghida Dergham, do jornal árabe Al-Hayat, em informe à rede de televisão MSNBC, funcionários norte-americanos estão começando a informar as delegações de vários países na ONU sobre a proposta de resolução.O texto poderá ser divulgado no fim desta semana e prevê a suspensão imediata das sanções da ONU contra o Iraque e a eliminação gradual do programa de "petróleo por comida", pelo qual o Iraque pôde exportar petróleo sob supervisão da ONU e importar alimentos e medicamentos.O secretário do Tesouro dos EUA, John Snow, anunciou que os EUA já estão suspendendo suas sanções contra o Iraque. O objetivo, disse Snow, é acelerar os esforços para a reconstrução do país e o envio de ajuda humanitária à população iraquiana.O comissário da União Européia para relações exteriores, Javier Solana, disse hoje, depois de reunir-se com o secretário-geral da ONU, Kofi Annan, que a UE é a favor de que as sanções contra o Iraque sejam suspensas rapidamente, mas que antes disso é necessário dar uma solução a questões que dizem respeito a várias resoluções da ONU sobre o Iraque, entre elas a do desarmamento e a das armas de destruição em massa.Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.