EUA vão suspender sanções contra Paquistão

Os EUA vão suspender as sanções impostas contra a Índia e o Paquistão por causa de testes nucleares realizados pelos dois países em 1998 e reescalonamento de US$ 600 milhões da dívida do país, disse um diplomata às agências internacionais. Segundo outro diplomata, as medidas são parte de uma série de ações financeiras que os EUA pretendem tomar para beneficiar o Paquistão, algumas delas já em andamento.A movimentação tem por objetivo garantir o apoio do Paquistão em eventual ataque dos EUA contra seu vizinho, o Afeganistão. Uma série de encontros são mantidos entre o presidente do Paquistão, Pervez Musharraf, ministros ligados à área econômica e membros da embaixada norte-americana para alinhavar acordos que beneficiem o Paquistão. O Paquistão possui dívida externa próxima de US$ 40 bilhões. O país mantém conversações com o FMI para liberação da última tranche de acordo fechado anteriormente com o fundo de US$ 596 milhões. Depois disso, novas negociações devem ser iniciadas para um novo programa de três anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.