EUA: vendas recorde em bombas inteligentes para Israel

Os Estados Unidos venderão quase 5 mil bombas inteligentes a Israel, no maior acordo de venda de armas entre os dois países em anos, informou o jornal Haaretz, nesta terça-feira. O trato envolve um montante de US$ 319 milhões e consta em um informe do Pentágono, publicado há algumas semanas. O custo será coberto pelo programa de ajuda militar dos EUA para Israel. Esse acordo deve gerar controvérsias, uma vez que Israel tem usado essas bombas contra os palestinos. Em uma dessas ocasiões, em julho de 2002, uma bomba de uma tonelada lançada contra um militante palestino matou também 15 civis na Faixa de Gaza. Além das bombas, Israel tem usado aviões caça F-16, de fabricação norte-americana, contra militantes palestinos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.