EUA vendem mísseis e tecnologia aos Emirados Árabes

Os Estados Unidos firmaram um acordo para vender US$ 3,48 bilhões em mísseis e tecnologia relacionada aos Emirados Árabes Unidos, um próximo aliado norte-americano no Oriente Médio. A venda faz parte dos esforços para realinhar as políticas de defesa no Golfo Pérsico, a fim de manter o Irã sob controle.

AE-AP, Agência Estado

31 de dezembro de 2011 | 11h33

O porta-voz do pentágono, George Little, anunciou a venda na noite de ontem. Ele afirmou que os EUA e os Emirados Árabes Unidos têm uma forte relação de defesa e ambos estão interessados em uma região "segura e estável" no Golfo Pérsico. O acordo compreende 96 mísseis, bem como tecnologia de suporte e treinamento, que, segundo Little, impulsionará a capacidade de defesa antimísseis da nação.

Atento ao Irã, os Estados Unidos têm construído mecanismos de defesa nos países aliados, incluindo um acordo no valor de US$ 1,7 bilhão para aprimorar os mísseis Patriot da Arábia Saudita e a venda de 209 mísseis ao Kuwait, avaliados em cerca de US$ 900 milhões. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
armamentoEUAEmirados Árabes Unidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.