EUA: vigia acusado de matar adolescente negro é preso

O guarda voluntário George Zimmerman, de 28 anos, foi acusado nesta quarta-feira pelo homicídio em segundo grau do adolescente Trayvon Martin, de 17, morto em 26 de fevereiro a tiros no subúrbio de Sanford, perto de Orlando, Estado da Flórida (EUA). A promotora Angela Corey disse que Zimmerman está detido mas não revelou o local da detenção para a segurança do acusado. Zimmerman será conduzido a um tribunal em 24 horas, ela disse.

AE, Agência Estado

11 de abril de 2012 | 19h35

A morte do adolescente negro desarmado levou a uma onda de protestos e indignação ao redor dos Estados Unidos. Zimmerman alega que agiu em legítima defesa e só disparou contra Trayvon após ser agredido pelo adolescente. A acusação de homicídio em segundo grau, na Flórida, comporta pena máxima de prisão perpétua se o acusado for condenado.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.