EUA: Yahoo afasta CEO acusado de mentir em currículo

Scott Thompson afirmou que tinha diploma em Tecnologia da Informação na Stonehill College

13 Maio 2012 | 18h19

A empresa de serviços na internet Yahoo! Inc. anunciou o afastamento de Scott Thompson do posto de executivo-chefe. Ele será substituído interinamente pelo chefe da divisão de Mídia Global da empresa, Ross Levinsohn. A Yahoo também anunciou que Fred Amoroso é o novo chairman do Conselho de Diretores, no lugar de Roy Bostock.

As mudanças foram anunciadas no quadro de um acordo entre os dirigentes da Yahoo e a gestora de fundos de hedge Third Point, que controla 5,8% da empresa. Os representantes da Third Point haviam anunciado que contestariam, na assembleia de acionistas deste ano, a permanência de Thomson no cargo de CEO depois de informes de que ele teria mentido em seu currículo. Segundo a empresa, o executivo mentiu em seu currículo que era diplomado em Tecnologia da Informação na Stonehill College, mas a faculdade confirmou apenas que ele tem um título de bacharel em Contabilidade.

Pelo acordo, três executivos da Third Point vão se juntar ao Conselho de diretores da Yahoo: o CEO Daniel Loeb, Harry Wilson e Michael Wolf, a partir de 16 de maio. O comunicado divulgado pela Yahoo não explica o motivo do afastamento de Thompson, não menciona a controvérsia sobre o falso diploma e não traz os habituais agradecimentos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.