Europa ameaça multar a Itália pelo lixão de Malagrotta

A Comissão Europeia deu nesta quinta-feira dois meses para o governo da Itália cumprir com a legislação e acusou as autoridades de tratarem de maneira inadequada com o lixo no maior depósito de detritos da capital italiana, o lixão de Malagrotta. O braço executivo da União Europeia (UE) ameaçou levar a Itália aos tribunais, onde o país poderá ser multado, se fracassar em atender às leis.

AE, Agência Estado

31 de maio de 2012 | 15h11

A CE disse que uma investigação da UE testificou que o lixão de Malagrotta, na região do Lácio, está recebendo lixo sem tratamento. Isso também ocorre em aterros sanitários próximos à capital italiana. Matérias da imprensa italiana indicam que o lixão de Malagrotta está saturado desde 2008.

A Itália, que luta com problemas da destinação do lixo na cidade de Nápoles e na região da Campanha durante anos, já enfrenta a ameaça de multas da UE por causa da situação em Nápoles.

As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.