Europa ameaça multar a Itália pelo lixão de Malagrotta

A Comissão Europeia deu nesta quinta-feira dois meses para o governo da Itália cumprir com a legislação e acusou as autoridades de tratarem de maneira inadequada com o lixo no maior depósito de detritos da capital italiana, o lixão de Malagrotta. O braço executivo da União Europeia (UE) ameaçou levar a Itália aos tribunais, onde o país poderá ser multado, se fracassar em atender às leis.

AE, Agência Estado

31 Maio 2012 | 15h11

A CE disse que uma investigação da UE testificou que o lixão de Malagrotta, na região do Lácio, está recebendo lixo sem tratamento. Isso também ocorre em aterros sanitários próximos à capital italiana. Matérias da imprensa italiana indicam que o lixão de Malagrotta está saturado desde 2008.

A Itália, que luta com problemas da destinação do lixo na cidade de Nápoles e na região da Campanha durante anos, já enfrenta a ameaça de multas da UE por causa da situação em Nápoles.

As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.