Europa aplaude programa de reformas do Peru

A União Européia (UE) saudou neste domingo o programa de reformas do novo presidente do Peru, Alejandro Toledo, e elogiou seu compromisso de lutar contra a pobreza e a corrupção no país. Em uma declaração emitida neste domingo, o bloco de 15 nações "oferece seus votos mais sinceros" a Toledo, o primeiro presidente peruano de ascendência indígena. Em seu discurso inaugural, Toledo prometeu criar 400.000 empregos anuais durante seu período de cinco anos, por meio de programas para eliminar a extrema pobreza do país. Também disse que introduzirá reformas políticas profundas para "matar" a corrupção dentro do sistema legal da nação e fortalecer a luta contra narcotráfico. "A União Européia e seus Estados membros aplaudem esses compromissos e buscam cooperar com o presidente Toledo para ajudá-lo a cumprir os importantes desafios políticos, sociais e econômicos em tais áreas", diz o comunicado da UE.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.