Europa, EUA, Rússia e ONU exigirão saída de Israel de áreas palestinas

A União Européia (UE), os Estados Unidos, a Rússia e a ONU se reunirão nesta quarta-feira em Madri com o objetivo de pressionar Israel para que detenha os ataques e se retire dos territórios palestinos ocupados.A Espanha, que ocupa a presidência rotativa da UE, também proporá a realização de uma reunião do Conselho da Associação UE-Israel como passo prévio a debater possíveis sanções ao governo de Ariel Sharon por ignorar as leis internacionais, anunciou hoje o chanceler espanhol, Josep Pique.Na reunião desta quarta-feira, da qual participarão Pique e Javier Solana; o secretário de Estado norte-americano, Colin Powell; o secretário-geral da ONU, Kofi Annan; e o chanceler russo, Igor Ivanov, a Espanha proporá uma declaração conjunta insistindo na necessidade da aplicação da resolução 1.402 do Conselho de Segurança das Nações Unidas, que exige o fim dos ataques israelenses e a retirada imediata de Israel dos territórios palestinos, assim como um pedido a Yasser Arafat para que controle o terrorismo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.