Europa investe na ofensiva contra suspeitos de terrorismo

A Europa continua sua ofensiva contra supostos terroristas, com novas prisões na Espanha, Grã-Bretanha e Holanda, numa tentativa de vincular Osama bin Laden aos ataques do dia 11 de setembro nos Estados Unidos. Na Espanha, a polícia deteve seis argelinos supostamente ligados a Bin Laden e a um grupo suspeito de planejar ataques contra alvos americanos na Europa.Na Grã-Bretanha, as autoridades capturaram hoje um francês supostamente envolvido num complô para atacar interesses dos EUA na Europa. Outros sete suspeitos já foram presos e estão sob investigação. Segundo as autoridades, os oito detidos teriam ligações com Bin Laden.Outros sete homens - seis iraquianos e um alemão -, que estavam escondidos em um caminhão, foram presos hoje diante da base aérea de Lakenheath, a maior base dos EUA na Grã-Bretanha, onde estão estacionados 5 mil soldados americanos.Na Holanda, a polícia prendeu um iraquiano suspeito de pertencer a uma rede radical islâmica que planejava uma série de ataques. O suspeito, preso na segunda-feira, está sendo acusado, como outros quatro homens presos em Roterdã, no dia 13, de posse de documentos falsos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.