Europa pode ser vítima de terroristas, diz jornal

A Alemanha, França e Grã-Brettanha podem ser vítimas de "atentados terroristas" da rede Al-Qaeda, de Osama bin Laden, informou hoje o jornal alemão Bild, citando um documento secreto atribuído à polícia criminal federal alemã (Bka). "Bin Laden planeja atentados contra nós", destaca na primeira página o popular diário. No sábado o jornal Frankfurter Algemeine Zeitung também informou a possibilidade desse "perigo".Segundo o Bild, "terroristas islâmicos" poderiam organizar nos próximos 15 dias "atentados na Alemanha, França e Grã-Brettanha". A Bka, em uma carta a todas as delegacias regionais da polícia criminal, alertou sobre o perigo de seqüestros em massa na Alemanha e outros países europeus, segundo a versão.O jornal indica que "terroristas da Al-Qaeda tentariam tomar entre 300 e 400 pessoas como reféns em troca da libertação de seus companheiros presos". O informe do Bka, diz o diário alemão, calcula que "se as exigências dos seqüetradores não forem aceitas, promoverão atentados suicidas". Para estas missões, já estão a postos "cerca de 30 terroristas em alguns dos países ameaçados", diz o Bild, adiantando que "três dos potenciais seqüestradores suicidas já se encontrariam na Alemanha".Entre os objetivos que seriam escolhidos, estão igrejas, teatros e cinemas, e estariam em risco norte-americanos, britânicos, israelenses e judeus. A data dos ataques dependerá do momento em que os integrantes da célula estabelecerem refúgios seguros. Os atacantes receberam a promessa de que serão entregues US$ 100.000 à família de cada um, afirma o jornal.Uma fonte da Bka que não quis se identificar disse que estão sendo investigadas as versões sobre os possíveis ataques que, em sua opinião, foram lançadas apenas para disseminar pânico entre a população.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.